Painel de Indicadores

Anos: 2022, 2023, 2024
Meses: Jan, Fev, Mar
Instituições: IFB
Indicadores: APAPIFB, APTIFB, EED, IAD, IEA, IPSEC, IQCD, IQCT, NAAI, NAGD, NAPOP, NCEDA, NCGI, NCOEMI, NCOPROEJA, NCOV, NEAMT, NECEPE, NEI, NFIDPI, NPAEPE, NPEV, NPIV, NPNV, NPRV, NRPDI, NSFCEPE, PAE, PAR, PCPAG, PDD, PDFP, PEMFT, PEOAE, PEONAPNE, PEPDI, PMEEJA, PMEFP, PMTNM, PPAAFMI

Mensurar o crescimento de seguidores/inscritos nas redes sociais do IFB e o crescimento de acessos ao portal do IFB. Atuação permanente na atualização e monitoramento dos canais digitais oficiais institucionais, com divulgação das ofertas de serviços e informações, gerando interação e engajamento da Comunidade Acadêmica do IFB e demais públicos de interesse.

Mensurar em termos percentuais o nível de atualização do parque tecnológico do IFB.

Quantidade de ações planejadas com o objetivo de apresentar resultados de pesquisa, ensino e extensão para parceiros e públicos de interesse, de fora da instituição, tais como: ConectaIF, Conexão Empresarial, Aula Show do Grão à Xícara, evento científico-cultural Ceinepe.

Mensurar, em termos percentuais, o afastamento dos servidores de suas atividades laborais por motivo de doença.

Medir o percentual de alunos que concluíram o curso com êxito dentro do período previsto (+1 ano), acrescido de um percentual (projeção) dos alunos retidos no ano de referência que poderão concluir o curso. São considerados apenas os alunos matriculados em ciclos de matrícula com término previsto para o ano anterior ao Ano de Referência, sendo que para este cálculo é empregado o conceito de matrícula e não de matrícula equivalente.

Mensurar o percentual de servidores que participam de eventos de capacitação.

Mensurar o crescimento do nível de qualificação do corpo docente do IFB.

Mensurar o crescimento do nível de qualificação do corpo técnico-administrativo do IFB.

Quantidade de ações realizadas pelas unidades que possibilitam avaliar os avanços e as necessidades de melhorias na instituição, tais como: pesquisas e consultas à comunidade, bem como os instrumentos aplicados pela CPA e as reuniões realizadas por ela com a comunidade.

Quantidade de ações realizadas pelas unidades que possibilitam a participação ativa da comunidade no atingimento das metas institucionais, tais como: pesquisas, reuniões, rodas de conversa, consultas públicas, assim como oficinas que debatam com a comunidade temas institucionais.

Quantidade de ações realizadas pelas unidades, que possibilitam a participação da comunidade no planejamento orçamentário, tais como: reuniões, pesquisas e consultas.

Mensurar quais dos campi do IFB envolveram-se na construção das diretrizes de avaliação no âmbito dos cursos do Instituto Federal de Brasília - IFB. As diretrizes foram aprovadas pelo Conselho Superior, conforme Resolução 12/2021 - RIFB/IFB.

Quantidade de Conselhos Gestores com no mínimo 3 reuniões anuais, aqui entendidos como organismos colegiados, de assessoria à direção, com caráter consultivo e sugestivo, por meio de recomendações. Como representantes escolares e comunitários eles podem sugerir linhas de ensino e pesquisa, de extensão e de atuação comunitária, contribuindo, assim, com a realização das metas dos campi, e com a missão do IFB.

Mensurar a quantidade de campus que estão ofertando ensino médio integrado no IFB.

Mensurar a quantidade de campus que estão ofertando PROEJA no IFB.

Número de campi que ofertam cursos que permitem ao estudante a promoção de um itinerário formativo dentro de um mesmo eixo tecnológico, saindo da Educação Básica, em Cursos Técnicos de Nível Médio, até o Ensino Superior, em cursos de Graduação e, complementarmente, de Pós-Graduação.

Mensurar os eventos realizados pelo IFB que têm articulação com o mundo do trabalho.

Medir o nível de articulação entre ensino, pesquisa e extensão por meio da mensuração do número de editais articulados nesse tripé.

Quantidade de eventos promovidos pelo IFB em parceria com outras instituições, tais como seminários, feiras, fóruns e congressos, que tenham como objetivo apresentar e articular ações do Ensino, da Pesquisa e Inovação e da Extensão. Exemplo de evento que articula ações de ensino, pesquisa e extensão: Congresso de Iniciação Científica do DF.

Quantidade de fóruns existentes no IFB. Entende-se por fóruns formais os institucionalizados por meio de portaria e os fóruns informais os que não possuem portaria, mas estão vinculados a uma Pró-Reitoria ou Diretoria Sistêmica. Os Fóruns são importantes instâncias de debate para subsidiar decisões da gestão.

Medir o nível de articulação entre ensino, pesquisa e extensão por meio da mensuração do número de programas articulados nesse tripé.

Medir a atividade de extensão do IFB por meio do número de parcerias de estágios vigentes.

Mensurar a atividade de intercâmbio acadêmico do IFB por meio do número de parcerias internacionais vigentes.

Mensurar a atividade de extensão do IFB por meio do número de parcerias nacionais vigentes.

Mensurar a atividade de extensão do IFB por meio do número de parcerias regionais vigentes.

É o processo realizado para adequar, atualizar e/ou corrigir aspectos de forma e/ou conteúdo do PDI por meio da participação direta da comunidade interna e externa do IFB.

Medir o nível de articulação entre ensino, pesquisa e extensão por meio da mensuração do número de seminários, feiras, fóruns e congressos articulados nesse tripé.

Medir o percentual de matrículas que perderam o vínculo com a instituição no ano de referência sem a conclusão do curso em relação ao total de matrículas. Para este cálculo é empregado o conceito de matrícula e não de matrícula equivalente.

Medir o percentual de retidos em um Ciclo de Matrícula, sendo que para este cálculo é empregado o conceito de matrícula e não de matrícula equivalente.

É a razão entre a quantidade construída da Política de Avaliação Global-PAG e o total da PAG. Entende-se por Política de Avaliação Global o documento a ser construído que definirá as diretrizes sobre as avaliações a serem realizadas no âmbito do IFB.

Mensurar o percentual de docentes doutores em relação ao quadro total de docentes em efetivo exercício como forma de identificar a proporção do nível de qualificação máxima do quadro de docentes do IFB.

Percentual de docentes que participou de alguma ação de formação continuada (cursos, oficinas, encontros pedagógicos) com o objetivo de aperfeiçoar os saberes necessários à atividade docente. Formação pedagógica é entendida aqui como ações de formação continuada de professores.

Mensurar a inserção dos egressos do IFB no mercado de trabalho formal.

Mensurar o nível de execução do orçamento destinado à assistência ao educando como forma de detectar a eficácia de utilização do recurso.

Mensurar o nível de execução do orçamento destinado ao NAPNE como forma de detectar a eficácia de utilização do recurso.

Mensurar o percentual de execução do plano diretor de infraestrutura.

Medir o percentual de matrículas equivalentes na modalidade EJA, tanto nos cursos de formação inicial e qualificação profissional quanto nos cursos de educação profissional técnica de nível médio contemplados no programa nacional de integração da educação profissional com a educação básica na modalidade EJA em atendimento ao Decreto 5.840 de 13 de julho de 2006.

Medir o percentual de matrículas equivalentes vinculadas à formação de professores como forma de atendimento à Lei 11.892 de 29 de dezembro de 2008.

Medir o percentual de matrículas equivalentes vinculadas a Cursos Técnicos em atendimento à Lei 11.892 de 29 de dezembro de 2008.

Percentual de processos administrativos e acadêmicos cujo o conjunto de ações são representadas por meio de modelo visual baseado numa notação internacionalmente reconhecida (Business Process Model and Notation - BPMN). O termo informatizado significa que as atividades dos processos são executadas por meio de softwares e/ou sistemas.