Painel de Indicadores

Anos: 2022, 2023, 2024
Meses: Jan, Fev, Mar
Instituições: IFTO
Indicadores: ASQVT, %BAEAC, CCGREC, %CGEC, CPCCURSO, DENADE, %EAMT, %EEAAC, %Ev, GCA, GCC, %GCI, %GOC, IEA, %IGG, IQCD, IQCTA, IRFE, ISU, NTPA, PACS, PCA, PDR, %PEEA, %PGP, PSC, PSEP, PSI, PUPCI, %RCAVA, RCONc, RIA, TAMCD, TISUF, TNADSA, TNAFCINOV, TNAPEI, TNCFIC, TNPEE, TNPFE, TNPI, TNPIE, TNPPI, TNTBPIC, TNTPCREAD, TNTPPF, TNTPPI, TPPCTA, TVCTG

0605 - Número de ações de Qualidade de Vida no Trabalho. O Programa Qualidade de Vida - PQV integra a política de Gestão de Pessoas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins, com o objetivo de promover a saúde e a qualidade de vida de seus servidores e familiares, estagiários e terceirizados, implementando ações para melhoria do bem-estar físico, psicológico e social. O PQV é gerido por uma comissão central designada pelo reitor, e por comissões locais designadas pelo gestor máximo de cada unidade, as quais são vinculadas respectivamente à Diretoria de Gestão de Pessoas e às unidades setoriais de Gestão de Pessoas correspondentes. As comissões são responsáveis pelo planejamento, coordenação e execução das ações necessárias à promoção da saúde dos servidores e colaboradores. A finalidade do indicador 0605 é quantificar as ações realizadas em cada unidade. ASQVT = NAQVT

0510 - Percentual de beneficiários do Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) que abandonaram o curso no ano. (Número de beneficiários que abandonaram o curso/Total de beneficiários) x 100. Fórmula de cálculo: (NBAC/TB) x 100

0501 - Conceito de curso de graduação em processo de reconhecimento. Indicadores calculados pelo INEP. Expressa a somatória dos conceitos obtidos no ano de referência dividido pelo total de cursos de graduação avaliados. CCGREC = ΣN/TCGA

0104 - Percentual de projetos de cursos de graduação com extensão curricularizada no IFTO. O indicador objetiva avaliar o quantitativo de projetos de cursos de graduação que já integram em seu currículo a extensão como atividade permanente e de cunho obrigatório. %CGEC = (QCGEC /QCG) *100

0502 - Conceito Preliminar de Curso – CPC por curso de graduação. Expressa a somatória dos conceitos preliminares obtidos no ano de referência dividido pelo total de cursos de graduação conceituados. CPCCURSO = ΣCPC/TCGC

0503 - Desempenho Enade por curso de graduação DENADE = ΣNCGA/TCGE

0101 - Percentual de egressos ativos no mercado de trabalho (participação dos egressos no mundo do trabalho). O indicador será aferido através de pesquisa promovida anualmente pela Pró-reitoria de Assuntos Estudantis junto aos egressos da instituição, contendo perguntas que levam em consideração a vivência do egresso em seu período como estudante e sua realidade como egresso. (NEAT/TEP) x 100)

0401- Percentual de estudantes envolvidos em atividades artísticas e culturais. Este indicador será mensurado através da soma de todos os estudantes envolvidos em atividades, projetos e feiras com apresentações culturais, saraus, shows, mostras (pinturas e esculturas), projetos e cursos com produção de filmes, teatros, grupos de dança e música.

0403 - Taxa de evasão do IFTO (Ev%). Este indicador mede o percentual de matriculas que perderam o vínculo com a instituição no ano de referência sem a conclusão do curso em relação ao total de matriculas. Para este cálculo é empregado o conceito de matricula e não de matrícula equivalente. Ev – Evadidos: alunos que perderam vínculo com a instituição antes da conclusão do curso (evadidos, desligados, reprovados, transferidos). M – Matrículas: Soma de todos os alunos que estiveram com matrícula ativa em pelo menos um dia no ano de referência.

0506 - Gasto corrente por aluno (TCU). Gastos correntes / total de alunos matriculados. (Matrículas equivalentes) O indicador gasto corrente por aluno é aferido através da relação entre todos os gastos institucionais, exceto investimento, capital, precatórios, inativos e pensionistas e o número de estudantes com matrícula ativa no Instituto Federal do Tocantins em pelo menos 1 (um) dia de 2022, conforme dados extraídos do Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec). Descrição do modelo matemático abaixo: Gastos correntes = (Gastos totais)+(Precatórios)+(Inativos e pensionistas)+(Investimentos e Inversões Financeiras) (Gastos totais) = (Liquidações Totais Exercício e RPNP) + (PIS/PASEP) (Precatórios) = (Ação Governo) + (Liquidações totais exercicio e RPNP) (inativos e pensionistas) = (Ação Governo) + (Liquidações totais exercicio e RPNP) (Investimentos e Inversões Financeiras) = (Ação Governo)+ (Grupo de despesa)+(Liquidações totais exercicio e RPNP) Matrículas Equivalentes - Meq

Total de Gastos com contratos continuados.

0509 - Percentual de gastos com investimentos (TCU). Gastos com investimentos e inversões financeiras / gastos totais * 100. Percentual do orçamento oriundo do Programa de Reestruturação e Modernização das Instituições da Rede Federal (20RG) e provenientes de emendas parlamentares.

O indicador percentual de gastos com outros custeios é aferido através da relação entre o total de gastos com outros custeios com gastos totais da Instituição. No total de gastos com outros custeios, incluem gastos com funcionamento, capacitação de servidores, assistência estudantil, entre outras ações de custeio, sendo deduzidos apenas os gastos com assistência pré-escolar, com auxílio transporte, auxílio alimentação e com investimentos. Já os gastos totais, estão incluídos todas as despesas acima mencionadas, além de gastos com pessoal e investimentos.

0406 - Índice de eficiência acadêmica (TCU). (nº de concluintes por modalidade/nº de ingressos por modalidade)*100. Este indicador mede o percentual de alunos que concluíram o curso com êxito dentro do período previsto (+ 1 ano), acrescido de um percentual (projeção) dos alunos retidos no ano de referência que poderão concluir o curso. São considerados apenas os alunos matriculados em ciclos de matrícula com término previsto para o ano anterior ao Ano de Referência. Para este cálculo é empregado o conceito de matrícula e não de matrícula equivalente. CCiclo+(CCiclo/CCiclo+ECiclo)*RCiclo*100

Indíce integrado de Governança e Gestão Pública do levantamento de governança do TCU, conforme metodologia estabelecido pelo TCU

0601 - Índice de qualificação do corpo docente. A qualificação profissional reflete na qualidade de ensino ofertada pelas instituições de ensino, sendo imprescindível para a consecução dos objetivos institucionais. O desenvolvimento da atividade de educação necessita de profissionais com alto nível de qualificação e titulação para melhor atender a sociedade, com isso a titulação e a qualificação do corpo docente eleva o padrão de qualidade dos cursos ofertados aos estudantes, gerando benefícios diretos a toda a sociedade. Para tanto, a qualificação do corpo docente é aferida por meio do índice de qualificação do corpo docente (IQCD) - TCU. Este indicador visa medir a titulação média dos professores efetivos do órgão, conforme os dados constantes no Sistema Integrado de Administração de Pessoal - SIAPE, sendo consideradas no cálculo as seguintes titulações, graduação, aperfeiçoamento, especialização, mestrado e doutorado, cada uma com um peso específico. IQCD= DESPT / TDE

0602 - Índice de titulação do corpo técnico-administrativo. A formação dos servidores técnicos administrativos em educação permite que o serviço público seja ofertado com maior eficiência e os recursos disponíveis possam ser utilizados da melhor forma possível. O desenvolvimento desse indicador reflete na melhoria da qualidade dos serviços prestados pelos servidores, que devem ser motivados a buscarem níveis mais elevados de formação profissional, tanto graduação quanto pós-graduações (lato e stricto sensu), sejam por meio de editais de afastamentos e de bolsas de incentivo institucionais. Neste sentido, o IQCTA é o indicador responsável por aferir a titulação média dos técnicos administrativos efetivos do IFTO, conforme os dados constantes no Sistema Integrado de Administração de Pessoal - SIAPE. Para o cálculo são consideradas as seguintes titulações: doutorado, mestrado, especialização, graduação, ensino médio, ensino fundamental, cada uma com um peso específico IQCTA = TAEESPT / TTAE

0405 - Índice de retenção do fluxo escolar (TCU). (Reprovação + trancamento/estudantes matriculados)*100. Este indicador mede o percentual de retidos em um Ciclo de Matrícula. Para este cálculo é empregado o conceito de matrícula e não de matrícula equivalente IRFE = (NAR + NAT)/NEM

O indicador 0707 mede o nível de satisfação dos usuários com os serviços de TI fornecidos pela Instituição. É essencial ter um índice de satisfação alto, pois isso reflete a qualidade do atendimento e a eficácia da equipe de TI em fornecer soluções rápidas e eficientes para as demandas dos usuários. A medição desse indicador é realizada através de uma pesquisa de satisfação com os usuários da Instituição. A pesquisa pode ser realizada por meio de questionários, entrevistas ou qualquer outra forma de feedback que permita coletar informações sobre a satisfação dos usuários. O resultado da pesquisa é convertido em um índice de satisfação, geralmente em uma escala de 0 a 100. Quanto mais próximo de 100, mais satisfeitos estão os usuários com os serviços de TI fornecidos. Esse índice pode ser acompanhado ao longo do tempo para avaliar a eficácia das medidas tomadas para melhorar a satisfação dos usuários. O indicador é importante para garantir a satisfação dos usuários e manter uma boa reputação da Instituição. Se o índice de satisfação for baixo, pode ser um sinal de que mudanças precisam ser feitas na equipe de TI, nos processos ou nos sistemas utilizados para garantir que as necessidades dos usuários sejam atendidas de forma eficaz e satisfatória.

0304 - Alcance da comunidade externa por meio de projetos de extensão do IFTO. Quantificar o total de pessoas atendidas (comunidade externa) com ações realizadas pelo IFTO. Para efeito de cálculo deste indicador são entendidas como ações realizadas pela instituição que tenham como objetivo o atendimento de demandas da comunidade externa, como: Projetos de extensão, eventos de extensão e cursos. Os cursos podem ser: Curso Livre de Extensão: curso de atualização e/ou aperfeiçoamento (minicursos, oficinas, ciclo de estudos, entre outras manifestações), carga horária mínima de 8 horas e máximo de 20 horas; Curso de Formação Continuada, de Aperfeiçoamento ou de Atualização: objetiva aprimorar, atualizar ou aprofundar habilidades técnicas em uma área específica do conhecimento na Educação Básica e/ou Superior, carga horária mínima de 20 horas e máxima de 160 horas; Curso de Formação Inicial e Continuada (FIC) ou de Qualificação Profissional: formação que visa à aquisição de capacidades indispensáveis para início do exercício de uma atividade profissional, carga horária mínima de 160 horas e máxima de 400 horas; Curso de Idiomas: objetiva a iniciação ou o aprofundamento em língua estrangeira, materna ou Libras; e poderá ser ofertado de forma isolada ou organizado em Centro de Línguas; e, outros cursos definidos pela Política Nacional de Extensão na Rede Nacional de Extensão – Renex NTPA = NPAE + NPAPE + NPACE

0702 - Percentual de unidades com projeto de acessibilidade arquitetônico das edificações elaborado pela equipe técnica da Diretoria de Infraestrutura.- PACS PACS = (TUPA/TUIFTO)*100

O indicador 0708 tem como finalidade mensurar o percentual de unidades que possuem um parque computacional atualizado em relação ao total de unidades. Um parque computacional atualizado é aquele que possui equipamentos e softwares modernos e compatíveis com as necessidades de cada unidade, permitindo a realização de atividades de maneira mais eficiente e com menos problemas. Para calcular esse indicador, é necessário dividir o número de unidades que possuem um parque computacional atualizado pelo total de unidades e multiplicar o resultado por 100. O resultado obtido representa a porcentagem de unidades com parque tecnológico atualizado em relação ao total de unidades. Esse indicador é importante para avaliar a qualidade da infraestrutura de TI das unidades e identificar aquelas que necessitam de investimentos para atualização tecnológica. Ao manter um parque tecnológico atualizado, as unidades podem melhorar a produtividade, reduzir custos e aumentar a segurança das informações. Por outro lado, a falta de atualização tecnológica pode levar a problemas de performance, segurança e compatibilidade de sistemas, o que pode prejudicar a eficiência e a competitividade da organização.

O indicador 0706 é o percentual de disponibilidade de rede de comunicação, é uma métrica importante para medir a eficácia de uma rede de comunicação em termos de sua disponibilidade. Esse indicador é calculado pela divisão do tempo de disponibilidade da rede pelo tempo total e, em seguida, multiplicando o resultado por 100. Em outras palavras, ele mede a porcentagem do tempo em que a rede de comunicação está disponível em relação ao tempo total. Esse indicador é útil para avaliar o desempenho da rede de comunicação e para tomar decisões sobre como melhorá-la. Um alto percentual de disponibilidade indica que a rede de comunicação está funcionando corretamente e que os usuários têm acesso confiável à rede. Por outro lado, um baixo percentual de disponibilidade indica que a rede de comunicação está sofrendo interrupções frequentes e que os usuários não têm acesso confiável à rede. Esse indicador pode ser usado pela Instituição pois depende de redes de comunicação para realizar suas operações, visto que todos os sistemas Institucionais são utilizados pela internet. Ao monitorar regularmente o percentual de disponibilidade de rede de comunicação, podemos identificar e resolver problemas com a rede antes que eles afetem os usuários e, assim, manter a qualidade do serviço prestado.

0102 - Percentual de permanência e êxito dos estudantes-atletas. O indicador objetiva a mensuração do índice de permanência e êxito dos estudantes que praticam e desenvolvem atividades esportivas na instituição e em competições, regionais, estaduais e nacional representando o IFTO. (NEAPE / NTEA) x 100

Descrição/finalidade: 0507 - Percentual de gastos com pessoal (TCU). Estão incluídas nesta categoria todas as despesas referentes à remuneração e outras vantagens pecuniárias de servidores ativos, efetivos e temporários, pagamento de inativos e pensionistas, além das despesas previdenciárias e outros encargos sociais. O objetivo do indicador Percentual de Gastos com Pessoal é quantificar o gasto total com pessoal em relação aos gastos totais, onde considera-se a relação entre os gastos com servidores ativos, inativos, pensionistas, sentenças judiciais e precatórios e os gastos totais de todas as fontes e todos os grupos de despesa. Gastos com pessoal / gasto total * 100. Gastos Pessoal = (Grupo Despesa)+(Liquidações Totais - Exercicio e RPNP)+(Ação Governo) (Gastos totais) = (Liquidações Totais Exercício e RPNP) + (PIS/PASEP)

0603 - Percentual de servidores capacitados. Com enfoque na capacitação e qualificação de pessoal, na motivação para o trabalho e na melhoria da qualidade de vida dos servidores deve ser assegurado aos servidores a oferta de capacitação, visando o desenvolvimento do servidor, agregando desde a educação formal de nível médio, superior e de pós-graduação até treinamento profissional, capacitação gerencial, formação para a cidadania e participação outras ações de capacitação. A capacitação dos servidores independentemente da carreira assegura uma melhoria da eficiência do serviço público e da qualidade dos serviços prestados ao cidadão. Por meio de política institucional é fundamental o estímulo à participação permanente dos servidores em ações de qualificação e educação continuada, para o aprimoramento profissional ao longo da sua vida funcional. Isto posto, com o indicador do percentual de servidores capacitados é possibilitado ao órgão executar sua política de capacitação, qualificação e desenvolvimento de forma planejada, norteando suas ações de desenvolvimento de acordo com os princípios da economicidade e da eficiência, como também, o planejamento e alinhamento das necessidades de desenvolvimento vigentes. O indicador tem como finalidade aferir o percentual de capacitação dos servidores do órgão, tendo como referência as ações indicadas no Plano de Desenvolvimento de Pessoas, que é o instrumento administrativo que visa o levantamento e efetivação das ações de desenvolvimento e aprimoramento dos servidores. PSC = (TSC/TS)*100

0604 - Percentual de servidores que concluíram os exames periódicos. A realização dos exames médicos periódicos dos servidores da administração pública federal direta, autárquica e fundacional tem como objetivo, prioritariamente, a preservação da saúde dos servidores, em função dos riscos existentes no ambiente de trabalho e de doenças ocupacionais ou profissionais. Os servidores regidos pela Lei n o 8.112, de 1990, serão submetidos a exames médicos periódicos, conforme programação adotada pela administração pública federal. A finalidade do indicador 0604 é mensurar o percentual de servidores que concluíram os exames periódicos a cada ano em relação à totalidade de servidores do órgão. PSEP = (NSEP/TS)*100

O indicador 0705 é uma métrica usada para medir o percentual de sistemas integrados durante um determinado período. Para calculá-lo, é necessário dividir a quantidade de sistemas integrados pelo total de sistemas existentes e multiplicar o resultado por 100. Dessa forma, o resultado obtido é o percentual de sistemas que foram integrados. Essa métrica é muito útil para que possamos monitorar a eficiência dos nossos processos de integração de sistemas, pois permite avaliar o progresso e a evolução desse tipo de atividade ao longo do tempo. Além disso, o indicador pode ser utilizado para identificar gargalos ou problemas que estejam impedindo a integração de sistemas em um determinado período. Ao monitorar esse indicador, podemos tomar medidas para melhorar a eficiência do processo de integração de sistemas, aumentando a produtividade e reduzindo custos computacionais por manter sistemas em ambientes distintos. Além disso, o indicador também pode ser utilizado para demonstrar o desempenho da Instituição em relação aos seus objetivos e metas de integração de sistemas.

0704 - Percentual de unidades com aprovação de projetos de Combate a Incêndio das edificações. Além da elaboração dos projetos pela equipe Técnica da Diretoria de Infraestrutura, necessita a aprovação no Corpo de Bombeiros. PUPCI=NUPCI / TU*100

0407 - Relação candidato/vaga (TCU). Este indicador apresenta a quantidade de candidatos inscritos nos processos de seleção de estudantes para os cursos ofertados no IFTO em todas as suas modalidades (cursos técnicos integrado, concomitante, subsequente, FIC, graduação, Pós-graduação), presencial e a distância, dividido pela quantidade de vagas ofertadas. Fórmula de cálculo: NTI / NTV

0404 - Relação Concluintes/aluno – TCU. Este indicador mede o percentual de concluintes em um Ciclo de Matrícula. Para este cálculo é empregado o conceito de matrícula e não de matrícula equivalente. Para ser considerado concluinte, o aluno precisa ter matrícula válida e que a situação de matrícula seja dada como concluída ou integralizada

0109 - Relação ingresso/aluno (TCU). Corresponde a relação do quantitativo de estudantes que ingressaram em um curso no ano de referência com o quantitativo de estudantes com matrícula ativa pelo menos um dia no ano no IFTO. RIA = NTEI / NTEM *100

0106 - Total de alunos matriculados em cursos a distância. Número de alunos matriculados em todos os cursos a distância no IFTO TAMCD = NAMCD

0701 - Índice de satisfação dos usuários com infraestrutura física. Pesquisa de satisfação com a infraestrutura física com perguntas na escala de (0 a 5) onde 0 significa ”não se aplica” e 5 é “totalmente satisfeito” , São total de 7 perguntas pontuáveis onde são feito o cálculo do índice, pergunta para medir a satisfação do usuário com a qualidade, limpeza e acessibilidade dos ambientes institucionais. TISUF = ISUF

0703 - Número de ações para disseminação de práticas socioambientais adotadas, são a soma de todos os projetos de pesquisa, ensino e extensão, que possui alguma prática de ações socioambientais, é feito o levantamento via SUAP desses projetos considerando as 12 unidades do ifto sedo oito Campi 3 Campi Avançado mais a Reitoria. TNADSA = NADSA

Ações de fomento à cultura de inovação e ao empreendedorismo realizadas (palestras, eventos, cursos, reuniões, projetos, etc.).

Ambientes promotores de empreendedorismo e inovação - Número de ambientes promotores de empreendedorismo e inovação

Quantificar o número total de cursos de formação inicial e continuada cadastrados no SUAP e ofertados em todas as unidades do IFTO. Curso de Formação Inicial e Continuada (FIC) ou de Qualificação Profissional: formação que visa à aquisição de capacidades indispensáveis para início do exercício de uma atividade profissional, carga horária mínima de 160 horas e máxima de 400 horas; Os cursos a serem ofertados devem utilizar o Guia Pronatec de Cursos FIC - 4ª edição como referência (Portaria Setec nº 12, de 3 de maio de 2016), Caso o curso não esteja contemplado no Guia Pronatec, sua proposta deve ser elaborada, conforme o disposto: Catálogo Nacional de Cursos Técnicos; lista de profissões da Classificação Brasileira de Ocupações; ou, Catálogo Nacional de Cursos de Qualificação Profissional Básica do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial.

0402 - Total de projetos de ensino aprovados sendo realizado nas unidades. TNPEE = NPEE

0303 - Número de novas parcerias (acordos, convênios, protocolos de intenções, PD&I etc) institucionais externas com recebimento de recursos. Quantificar o número total de novas parcerias com financiamento externo firmadas com o IFTO. Entende-se por parceria, convênios, acordos, termos, protocolos de intenções, PD&I, etc. Destaca-se neste caso que, deve haver o aporte de recurso financeiro do parceiro para o desenvolvimento/execução da proposta firmada na parceria com o IFTO. Não é contabilizado no indicador as parcerias sem aporte de recurso.

0305 - Número de parcerias (acordos, convênios, protocolos de intenções, PD&I etc) internacionais. Quantificar o número de parcerias internacionais vigentes firmadas com o IFTO. Entende-se por parceria, convênios, acordos, termos, protocolos de intenções, PD&I, etc.

Projetos de inovação e/ou empreendedorismo institucionalizados provenientes das parcerias de PD&I

Total de patentes e de registro de propriedade intelectual depositados - Número de patentes e de propriedade intelectual depositados no ano

Total de bolsas de projetos de iniciação científica. Número de bolsas para projetos de iniciação científica PIBIC, PIBITI, PIBIC-AF, PIBIC-EM, fomentadas com recurso do IFTO e com recurso externo.

0110 - Total de novas parcerias e convênios realizados pelo Centro de Referência em Educação a Distância do IFTO. TNTPCREAD = NTPCREAD

Total de projetos de pesquisa finalizados. Número de projetos de pesquisa que encontram-se com o status de concluídos no módulo pesquisa do Sistema Unificado da Administração Pública (SUAP) do IFTO.

0107 - Total de projetos de pesquisa institucionalizados. Número de projetos de pesquisa que encontram-se com o status de selecionados no módulo pesquisa do Sistema Unificado da Administração Pública (SUAP) do IFTO.

0301 - Total de projetos pedagógicos de cursos técnicos atualizados conforme Diretrizes Curriculares Institucionais - Número de PPCs atualizados. TPPCTA = (QCTCD /QCT) x100

0105 - Total de vagas ofertadas em cursos técnicos e de graduação presenciais no IFTO. Número de vagas ofertadas em cursos técnicos e de graduação TVCTG = NVCT + NVCG